Clima de protesto marcou a 1ª lavagem do Circuito Mestre Bimba

Nosso circuito é “bate-volta” esse foi o grito de ordem que ecoou na 1ª lavagem do Circuito Mestre bimba.

Neste domingo (21), aconteceu a primeira lavagem do circuito Mestre Bimba, na avenida principal do Nordeste de Amaralina. Logo no início da manifestação popular uma pequena confusão, ocasionado pela falta de comunicação entre a Associação Mestre Bimba e o comando da Polícia Militar do Nordeste, por conta da falta de oficialização da lavagem. Uma agente não identificada da SEMOP, que estava acompanhada de uma guarnição da Policia, chegou a afirmar a um dos organizadores, que tinha recebido uma denúncia de que se tratava de uma festa organizada pelo tráfico de drogas, o que logo causou uma revolta entre os organizadores que puxaram gritos de ordem durante toda a lavagem, pedindo respeito ao carnaval do nosso bairro.

Paulet Furacão, militante LGBT, e representante do Bloco da Prevenção, expressou para nossa equipe sua opinião sobre a festa momesca desse ano: “Participamos desta lavagem por entender que o carnaval do Nordeste de Amaralina, simboliza a resistência de nós povo negro, e estamos na rua para dizer que o nosso carnaval é bate-volta, então essa lavagem simboliza a manutenção do nosso circuito que há 14 anos acontece desta maneira”.

Com gritos de ordens, a lavagem que teve início no final de linha do bairro e contou com a participação dos blocos e movimentos culturais do Nordeste de Amaralina, fez o percurso de bate-volta em direção à Rua do Norte e retornando ao Final de Linha. Eudes Oliveira presidente da Associação Mestre Bimba também falou com nossa equipe. “Há quase 15 dias do carnaval, pensamos em fazer algo que movimentasse a nossa comunidade e dar a oportunidade para que cada bloco apresente suas fantasias para o carnaval deste ano, queríamos fazer uma lavagem maior, mas infelizmente não temos recurso para isso, mas de qualquer forma é uma lavagem representativa”.

O clima do carnaval do Nordeste de Amaralina esquentou depois de uma suposta declaração de um comandante do alto escalão da polícia que teria se posicionado veementemente contrário ao atual trajeto dos blocos de trio do circuito, o que gerou revolta nas redes sociais na última semana.
Confira a Reportagem:

 

COMPARTILHAR
Publicitário, Ativista Social e Fundador do Portal NORDESTeuSOU.