Casos de dengue aumentam 459% na Bahia e geram preocupação

De 30 de dezembro a 31 de maio, foram 31.955 notificações contra 5.709 no mesmo período em 2018

De 30 de dezembro de 2018 a 31 de maio deste ano, aconteceram oito notificações de dengue por dia na Bahia, o que dá  oito casos por hora, considerando o total de 31.955 notificações ao todo – um aumento de 459,7% em relação às 5.709 notificações do mesmo período de 2018.

Os números da Secretaria Estadual de Saúde fazem com que a Bahia tenha coeficiente de incidência aproximado de 216 casos de dengue por cada 100 mil habitantes em 320 cidades. Esse coeficiente considera a proporção de casos em relação ao número de habitantes. Segundo o Ministério da Saúde, há 104 cidades em situação de risco de surto de dengue, zika e chikungunya.

Os dados da Sesab apontam também que há 1.095 casos prováveis de chikungunya (coeficiente de incidência de 7 casos/100 mil habitantes) em 121 municípios e 621 casos suspeitos de zika (coeficiente de incidência de 4 casos/100 mil moradores) em 102 cidades. Para chikungunya e zika, houve redução se comparado ao mesmo período do ano passado (52,8% e 24,2%, respectivamente).

Em Salvador, as notificações de dengue, de janeiro até esta terça-feira, chegaram a 1.746, sendo que no mesmo período do ano passado, foram 961 notificações. Em comparação com o mesmo período, ainda na capital baiana, houve aumento também nos casos de chikungunya (de 48 em 2018 para 210 em 2019) e zika (de 48 para 73).

De acordo com a Sesab, até o momento foram confirmados, laboratorialmente, 11 mortes por dengue hemorrágica na Bahia, sendo sete em Feira de Santana, duas em Salvador, uma em Candeias e uma em Saubara. Há ainda outras 12 mortes por suspeita de dengue em investigação (nove em Feira e um caso em Candiba, Pindaí e Rafael Jambeiro). Para chikungunya, os casos confirmados pela Sesab são dois em Feira de Santana e um em Candeias.

Em Feira de Santana, jsegundo o Correio, á foram registrados este ano 9.466 casos suspeitos de dengue, dos quais 1.333 (14,08%) foram confirmados, 225 (2,38%) casos confirmados como dengue com sinais de alarme, 16 (0,17%) casos confirmados como dengue grave e 367 (3,88%) casos descartados. Os demais, 7.528 (79,50%) casos, estão aguardando resultado de exame para encerramento.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.