Balanço parcial do HGE aponta aumento de 81,8% no nº de queimados durante o São João

Comparativo é com relação ao ano passado. No entanto, número de feridos por bombas este ano diminuiu em 84,3%. Dados correspondem ao período entre 21 e 25 de junho.

Número de queimados atendidos durante o São João cresceu em 81,1% no HGE — Foto: Thomás Alves/TV Asa Branca

Por G1 Bahia

O Hospital Geral do Estado (HGE) divulgou, nesta terça-feira (25), um balanço parcial do número de feridos por conta dos festejos de São João. O dado é referente ao período entre os dias 21 e 25 de junho.

O HGE é referência no tratamento de queimados e recebe pacientes de todo o estado. De acordo com o diretor da unidade, André Luciano, houve um aumento de cerca de 81,8% do número de queimados. Apesar disso, o número de feridos por explosões de bombas teve uma redução de 84,3%. [Veja comparação em tabela abaixo]

“Em cinco dias foram 27 explosões de bombas e 20 queimaduras, relacionadas ao São João. Nesses cinco dias, recebemos 47 pacientes de queimaduras, sendo que 20 foram relacionados aos festejos juninos”.

Balanço parcial de feridos no São João

AnoQueimadosExplosão por fogos de artifício
20181132
20192027

Fonte: HGE

O diretor explicou ainda que o balanço não foi completamente fechado por conta das pessoas que sofrem queimaduras e não procuram o hospital imediatamente.

“Nossa maior preocupação são aqueles pacientes que estão no São João, que se queimam e querem continuar nos festejos. Então, eles usam pasta de dente, passam manteiga e esperam uma semana. O HGE espera uma semana para contabilizar a vinda desses pacientes. Que é pior, porque eles já vêm com um grau de infecção e o tratamento é muito maior e mais demorado”, disse.

André Luciano explicou que a maior parte de vítimas queimadas na Bahia, principalmente no período de São João, é direcionada para o HGE por conta da estrutura da unidade para receber vítimas com esse tipo de ferimento.

“O HGE tem uma estrutura eternamente montada. Nós contamos com um Centro de Tratamento de Queimados, que é um centro especializado, com equipes especializadas de cirurgiões plásticos e enfermagem, todos voltados para essa área de queimaduras. Então, é realmente uma referência e sempre terminam os pacientes procurando o HGE”, disse.

Ainda segundo André, o hospital conta também com uma estrutura para receber pessoas que perdem membros por conta das lesões, o que acaba sendo comum nesse período, por conta do mau uso de fogos de artifício.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.