Áudio sobre fechamento da Ford e outras indústrias baianas é fake, diz secretaria

Segundo o comunicado, é falso que o governo estadual “aumentou os impostos”

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia (SDE) esclareceu, em nota, que o áudio que circula em grupos de WhatsApp, sobre o fechamento das fábricas da Ford, Boticário, Nestlé e Avon na Bahia é uma fake news. 

Segundo o comunicado, é falso que o governo estadual “aumentou os impostos” e, com isso, teria motivado o “fechamento das fábricas”. 

A gestão defende que oferta uma política de incentivo fiscal que pode chegar até a 100% de isenção, a depender do ramo de produção.

Confira números divulgados pela secretaria da atual situação das fábricas:

Boticário (Camaçari)
Investiu na fábrica R$ 549,2 milhões e conta atualmente com 628 empregados diretos. No Centro de Distribuição, foram investidos R$ 241 milhões e gera 197 empregos.

Nestlé (Itabuna e Feira de Santana)
Em Itabuna, fez investimento de R$ 30,9 milhões e gera 217 empregos diretos. Já em Feira de Santana, até 2017, foram investidos R$ 169,3 milhões e, em 2018, R$ 19,8 milhões. Atualmente, emprega 598 funcionários.

Ford (Camaçari)
Emprega 10 mil trabalhadores – 7 mil diretos e 3 mil terceirizados – e já investiu mais de R$ 800 milhões na Bahia. A empresa certificou que o fechamento da fábrica, em São Paulo, não afetará a unidade baiana. 

Avon (Simões Filho)
Em atuação na Bahia desde 2002, a Avon investiu R$ 300 milhões no Centro de Distribuição e cria cerca de 300 empregos diretos.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.