Após má repercussão, ACM Neto revoga decisão da Secretaria de Educação sobre educação integral

A regra só vai valer para novos alunos que ingressem a partir de 2019

O prefeito ACM Neto determinou na noite desta quarta-feira (21) que seja revogada imediatamente a decisão tomada pela Secretaria Municipal de Educação (Smed) de encerrar o turno integral para alunos de 4 e 5 anos já matriculados na rede pública. A regra só vai valer para novos alunos que ingressem a partir de 2019. Com isso, as aulas do ensino em tempo integral para os alunos matriculados continuam normalmente.

“A Secretaria de Educação tomou uma decisão que estou invalidando. Essa nova norma só passa a valer a partir das novas matrículas, para que a gente possa ampliar o número de vagas. Ou seja, crianças de 4 e 5 anos que forem se matricular na rede a partir de 2019 irão estudar em apenas um turno. E para as crianças de 2 e 3 anos, nada muda, ou seja, será ofertado o ensino em tempo integral”, ressaltou ACM Neto.

A medida iria afetar a vida de mais de 4 mil estudantes matriculados no turno integral. A ideia era realizar uma “reformulação específica para o segmento da pré-escola”.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.