Após apagão, energia é restabelecida no Nordeste de Amaralina

De acordo com o ONS, houve uma perturbação no SIN [Sistema Interligado Nacional] que “causou o desligamento de cerca de 18.000MW,

Foto: CEDOC NORDESTeuSOU

A energia começou a ser restabelecida na Bahia, entre o final da tarde e o início da noite desta quarta-feira (21), após um apagão que atingiu estados do Norte e Nordeste do país iniciado às 15h48. Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS),  as equipes do órgão seguem mobilizadas para recompor os sistemas das duas regiões – só não foram atingidos Acre, Roraima e Rondônia.

Por volta das 20h45 a energia foi restabelecida em todo Nordeste de Amaralina, ainda existe alguns bairros de Salvador sem energia segundo a Coelba.

De acordo com o ONS, houve uma perturbação no SIN [Sistema Interligado Nacional] que “causou o desligamento de cerca de 18.000MW, majoritariamente localizados nas regiões Norte e Nordeste, correspondendo a 22,5% da carga total do SIN naquele momento”.

Em consequência da perda de carga, segundo o ONS, entrou em funcionamento o primeiro estágio do Esquema Regional de Alívio de Carga do Sistema Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com corte automático de consumidores, no montante de 4.200MW.

“Os sistemas Sul, Sudeste e Centro-Oeste ficaram desconectados do Norte e Nordeste. Às 16h15 já havia sido realizada a recomposição de praticamente toda a carga no Sul, Sudeste e Centro-Oeste”, continuou a ONS em nota divulgada meia hora após o apagão.

Em comunicado divulgado no início da noite, ​a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informou que não identificou nenhum defeito no seu sistema que ocasionasse o desligamento, ocorrido na tarde desta quarta. “A Empresa ratifica que as interligações de energia do Norte e Nordeste com outras regiões do Brasil foram interropidas. A apuração foi feita junto ao Operador Nacional do Sistema (ONS)”, diz a nota.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.