Após 32 dias, Ronaldinho Gaúcho troca cadeia por prisão domiciliar no Paraguai

Foto: Norberto DUARTE / AFP

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Assis conseguiram nesta terça-feira (7) a mudança de regime para prisão domiciliar. Eles passarão a viver em um hotel na capital do Paraguai, enquanto esperam o desenrolar do processo ao qual respondem por terem entrado no país com documentos adulterados, no início de março.

O hotel, cotado como quatro estrelas pelas publicações especializadas, possui 107 quartos, com diária média no valor de 64 dólares. O local fica a 3,3 km da cadeia onde Ronaldinho e Assis passaram os últimos 32 dias.

A transferência deve acontecer ainda nesta terça-feira.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.