[Andar com Fé] Emerson Almeida: “O poder de Deus me libertou do vício em cocaína”

Vamos conhecer o testemunho de Emerson Almeida, morador do bairro do Vale das Pedrinhas que teve uma transformação de vida, por meio da fé.

Fé uma pequena palavra que carrega um peso enorme, capaz de levar pessoas a superarem problemas, situações e coisas jamais explicados pelo homem. Um sentimento de total confiança em algo ou alguém, ainda que não haja nenhum tipo de evidência que comprove a veracidade da proposição em causa. Ter fé implica uma atitude contrária à dúvida e está intimamente ligada à confiança. Em algumas situações, como problemas emocionais ou físicos, ter fé significa ter esperança de algo vai mudar de forma positiva, para melhor. Partindo das explicações deste sentimento que contagia milhares de pessoas pelo mundo que apresentamos nosso novo quadro “Andar com Fé”, no qual todos os personagens são pessoas comuns que relatam suas experiências de fé, e como ela o marcou profundamente. O personagem de hoje, é do morador do Vale das Pedrinhas, Emerson Almeida, que superou as adversidades da vida, por meio da fé, sendo a maior de todas delas o vício em cocaína. Como o mesmo descreve a seguir em depoimento corajoso, forte e emocionante.

Conhecido nacionalmente pelo trabalho na música, um dos seus maiores talentos. No auge da carreira, puxou grandes blocos carnavalescos, trios elétricos nos principais circuitos da folia baiana. Fez parte de famosos grupos e bandas da Bahia de peso nacional. Trabalhou com Carlinhos Brown, seu grande admirador e professor.  Na comunidade Emerson é uma figura bastante conhecida e querida. Desenvolve várias funções, tais como: cantor, compositor, percussionista, barbeiro e um dos mais renomados produtores de eventos evangélicos no Nordeste de Amaralina, como o da “Marcha para Jesus”. Há pouco mais de cinco anos vem se dedicando a Igreja Verbo de Vida. “Antes de ter uma vida firme na fé, tinha uma vida sem forma e vazia, uma pessoa completamente desequilibrada. Hoje sou um homem de Deus, um novo ser pela fé”, destaca.

Sua ligação com a música se deu quando ainda era criança, e teve oportunidade de aprender com um dos grandes ídolos da música brasileira: Carlinhos Brown. “Desde pequeno nutria uma paixão pela música. Possuía esse dom antes de conhecer Cristo, mas somente veio ser aflorado quando me converti ao evangelho, e se tornou uma arma de pregação, onde eu uso a música pra cantar a palavra revelada. Aprendi a tocar percussão com um pandeiro de meu pai. Eu andava em várias festas com um Timbal que ganhei de um amigo.  Fui músico de Carlinhos Brown, toquei nos árabe e no arrastão que é um projeto de percussão que ele tem com mais de 300 músicos e eu fiz parte desse grupo. Desfilei com ele na Barra e no Campo Grande, no carnaval, no famoso camarote andante e etc. Aprendi a tocar e cantar ouvindo Carlinhos Brown. Ele é uma fonte de inspiração musical para mim até hoje. Hoje eu faço parte do grupo de louvor da minha igreja, onde eu toco percussão. Participei de vários eventos gospel. Já participei de alguns eventos em São Paulo- Guarulhos onde ministrei na igreja músicas minhas tocadas com percussão. Fui a algumas praças lá mesmo em Guarulhos e etc. Música que me marcou “Jesus é Rei” de minha autoria, nela eu falo da minha libertação espiritual”, explica.

Segundo Emerson as escolhas erradas o levou para um caminho quase sem volta. “Tinha uma vida maravilhosa, até que, com 21 anos me deparei viciado em cocaína, sexo e festas. Viver no mundo das drogas foi algo muito profundo. É um mundo onde no qual nunca imaginei passar, muito menos pensei em ir. Foi bastante assombroso, me perdi completamente, não me encontrava. Perdia a direção da vida. Vivia sem ter sentido, sem rumo, não sabia qual era direção, esquerda ou direita, perdido. Situação que não desejo a ninguém é algo perverso, sombrio, algo sério, complicado de sair. Quando me dei conta já estava afundado no vício, não conseguia mais parar, todo final de semana, ou até mesmo em alguma  festa durante a semana, em qualquer horário tinha que usar droga, cheirar cocaína. Passei a usar dosagens maiores, amanhecia nas ruas, levando dias cheirando. Pensava em parar em um final de semana, mas já estava dominado pelo vício, era maior do que o desejo de parar. Já estava bastante viciado. O processo de sair do vício das drogas foi algo bem escandaloso, a família passou a saber a verdade, sendo um choque para todos. Porém, foi por meio da minha família que comecei a abriu os olhos, a despertar daquele pesadelo que tinha se tornado minha vida, a mudança começou por meio dos conselhos dados pelos meus familiares, que serviram de alerta na época.  Tudo foi um processo, travei uma luta, confiante na vitória. Passei a ter um contato maior com Deus, a fé surgiu, na verdade se encontrava dentro de mim, esse foi o momento de aflorar. Minhas madrugadas tristes, entregue ao vício, foram substituídas, por momentos de profunda oração, clamando minha libertação do vício que estava destruindo minha vida, meus laços, principalmente o bem mais precioso que é a família. Foi uma mudança radical. Um processo árduo, mas não estava só como antes, sentia a intercessão de Deus, suas mãos suas bênçãos a todo momento. A entrega ao Espírito Santos, ele chegou e fez sua profunda mudança. Entrega de corpo e alma. Ele tinha grandes planos na minha vida, renasceria pelo seu poder, estava decretada minha vitória, nasceria um novo homem, pela fé.   Fui liberto de tudo isso no dia 09/05/2009, graças a Deus não precisei me internar em um centro de recuperação. A minha total entrega a Jesus Cristo foi meu grande remédio. Ele preencheu o vazio que estava a minha vida, o vício ocupou por um bom tempo.  Meu grande testemunho, minha história de superação por meio da fé, e que deixo para aqueles que possam estar vivenciando esse momento é que meu testemunho torna evidente que só Jesus Cristo, tem o poder de libertar, curar e Salvar um homem que a humanidade e sua família condenam dizendo que não tem mais jeito para ele”, relembra.   

A fé foi o combustível essencial para mudança de vida de Emerson, um novo homem nasceu pela fé. “Tive uma transformação pela fé. Mudou muitas coisas, mais a principal delas foi aprender a honra e valorizar minha família e as pessoas. Estudei durante dois anos na escola Rhema Brasil (Centro de treinamento Bíblico), que teve um papel importante na minha vida. Carrego sempre essas passagens de reflexão:1 coríntios cap. 1.25 A loucura de Deus é mais sábia que os homens, é a fraqueza de Deus é mais forte que os homens”, diz.

Emerson deixa uma mensagem para aqueles que enfrentam problemas no qual passou um dia: “Confie, tenha fé, Deus é do impossível, quem crê será salvo”, finaliza.

Assim como o personagem de hoje caso você caro leitor, tenha uma história de fé e superação, entre em contato com o NORDESTeuSOU e seja o próximo até a sua história contada no quadro “Andar com Fé”. Fique com fé, e até a próxima.  

COMPARTILHAR
Luis Lago
Amante da Literatura, apaixonado pelas Letras. Discente de Letras Vernáculas e Língua Inglesa, poeta, escritor , blogueiro, professor e Repórter do site NES.