Abelhas assustam moradores da rua José Inácio do Amaral

A colmeia no poste representa risco para as pessoas que moram e transitam por essa rua

Através da nossa página no Instagram, moradores do Nordeste de Amaralina, a nos procuram diariamente para fazer denúncias, elogios e reclamações de alguns eventos inusitados que circulam por nossa comunidade. E dessa vez, o foco está na rua José Inácio do Amaral, próximo ao espaço de festa (Casa verde). Onde um enxame (conjunto de abelhas) decidiu se instalar e fazer a sua colmeia no poste de energia da rua. É isso mesmo, as abelhas fizeram a sua moradia na coluna que transmite eletricidade e outros serviços, como o das operadoras de telefonia para aquela região.

Apesar de parecer apenas um problema estético. A colmeia no poste representa risco para as pessoas que moram e transitam por essa rua que faz divisão entre os bairros Vale das Pedrinhas e Nordeste. Apesar de parecerem insetos inofensivos já houveram casos em Salvador, onde pessoas hipersensíveis vieram a óbito com uma única ferrada. A picada de abelha provoca dor, inchaço e pele avermelhada. E em casos de ataques onde ocorrem diversas picadas, pode ocorrer uma manifestação do veneno de diversas maneiras e em locais diferentes.

“A colmeia está instalada no poste ao lado da minha casa, e está emaranhada nos fios, trazendo diversos riscos”, afirmou para a nossa equipe, a moradora e estudante de 17 anos, Caroline Conceição. De acordo com  a jovem a Polícia Ambiental foi procurada por três vezes e não teve sucesso. Os moradores da rua José Inácio do Amaral, seguem altamente preocupados com os próximos capítulos dessa novela.

COMPARTILHAR
Gilberto Junior
Graduado em Administração de Empresas, e colaborador do Jornalismo NES.