A Associação de Grêmios e Estudantes de Salvador sai em defesa das escolas estaduais.

A ação chamada de Restruturação da Rede, prevê o fechamento de dezenas de escolas na capital e no interior

A Associação de Grêmios e Estudantes de Salvador – AGES, denunciou na tarde desta quarta-feira (21) a ação da secretaria estadual da educação em fechar dezenas de instituições de Ensino, e municipalizar outras, conforme documento enviado que comprova a primeira lista de várias instituições.

A ação chamada de Restruturação da Rede, prevê o fechamento de dezenas de escolas na capital e no interior, ainda sem uma justificativa. Está ação vai mexer com a vida dos estudantes, professores e principalmente causar a demissão de funcionários, além de impactar diretamente também no dia a dia das comunidades onde estás instituições estão instaladas.

A AGES inciou um processo intenso de mobilização que já conta com protestos marcados em brotas, centro e subúrbio de Salvador, nos próximos dias.

Para a diretora de políticas educacionais Vitoria Gomes, que é presidenta do Grêmio Estudantil do colégio estadual Tereza Helena Mata Pires, uma das instituições que será fechada, classifica como absurda e arbitraria a decisão da secretaria; “… Deixam nossas escolas sucateadas sem nenhum recurso, passamos diversas dificuldades no dia a dia e assim do nada decidem que vão fechar as vésperas da matrícula, desrespeitando ao convívio dos estudantes, professores e funcionários estes que serão todos demitidos, não admitiremos isso!..” relata Vitória que está mobilizando o seu colégio contra o fechamento.

A AGES fará contato com outras entidades do movimento estudantil no interior do estado para inciar juntos manifestações simultâneas e solicitará da secretaria esclarecimentos sobre toda esta situação e do governador Ruy Costa do que se trata este grave atentado a educação baiana.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.