8ª edição da Caminhada Rainha Nzinga acontece nesse sábado (7)

Caminhada é uma iniciativa do CSU/Nordeste

Foto: Reprodução

“Mulheres enfrentando o femincídio, sexismo, racismo e todas as formas de violência para a sobrevivência da espécie”. Esse é tema de 8ª edição da Caminhada Rainha Nzinga. O evento realizado pelo Centro Social Urbano (CSU) do Nordeste de Amaralina acontece nesse sábado (7), às 8h30. A saída será do CSU/Nordeste e terá como destino o Largo das Baianas em Amaralina.

A caminhada que acontece todos os anos homenageia a rainha negra Nzinga Mbandi (1582-1663), uma das maiores governantes da história da África que por quarenta anos, impediu que os portugueses penetrassem no continente africano. Rainha do Ndongo, atual Angola, Nzinga Mbandi entrou para a história como combatente destemida, exímia estrategista militar e diplomata astuciosa. Ela chefiou pessoalmente o exército até os 73 anos de idade e era tão respeitada pelos portugueses que Angola só foi dominada depois da sua morte, aos 81 anos. Nzinga se tornou o maior símbolo de resistência africana à colonização.

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU