Competição esportiva agita os atletas do Nordeste de Amaralina

A Academia Vulkão Karatê Clube mais vez vem mostrando o seu talento. No período entre os dias 23 e 26 de maio, os atletas da academia disputaram o brasileiro de karatê. O evento é uma competição nacional, onde os esportistas se enfrentam para conseguir uma vaga na seleção brasileira e assim competir internacionalmente. Agora os atletas se preparam para concorrer no baiano, entre os dias 15 e 16 de julho.

O jovem Luís Eduardo, de 12 anos, treina há seis anos, participou da competição e conseguiu a segunda colocação. “Participar do brasileiro foi uma experiência muito legal, porque é uma das maiores competições que eu já competi. Este campeonato representa tudo para mim, até porque é através dele que eu poderei alcançar as competições interacionais”, disse o jovem atleta.

A atleta Bianca Santana, foi mais uma que participou da competição. Seu esforço durante esses cinco anos de treino a fez conquistar o terceiro lugar no torneio. “Tive uma ótima experiência com essa minha participação no brasileiro, pois é um campeonato grande, muitas vezes até fora do nosso estado e ele tem uma grande importância”, falou a atleta de karatê Bianca Santana.

Já Emanuelle Edite, de 13 anos, irá participar do campeonato baiano pela primeira vez. “A expectativa de participar do baiano é grande. A gente vai evoluindo para chegar no brasileiro com uma experiência melhor. Estou um pouco nervosa sim, já havia competido antes, mas o nervosismo faz parte”, declarou a jovem Emanuelle Edite.

O professor Edílson Montes contou como foi a experiência de ter seus atletas competindo e conquistando ótimas posições no campeonato. “É uma experiência gratificante ver meus atletas competir e mostrar que o Nordeste não se resume em trafico, que temos condições de ter grandes atletas”, relatou o professor Edilson Montes.

COMPARTILHAR
Matheus Santiago
Graduando em Comunicação/Jornalismo, e exerce a função de Jornalista do Portal NORDESTeuSOU