Inscrições para oficinas de vídeo estão abertas até sexta-feira (10)

Espaço Cultural Boca de Brasa Quabales também oferece formação em fotografia e música

Foto Reprodução

As inscrições para as oficinas de vídeo, fotografia e música (LAB & Orquestra Sustentável) do Espaço Cultural Boca de Brasa Quabales foram prorrogadas até sexta-feira (10). As oficinas vão acontecer na sede do Quabales, no Nordeste de Amaralina, e possuem financiamento do edital Espaços Culturais Boca de Brasa – Ano II, da Fundação Gregório de Mattos (FGM).

Os interessados devem enviar um e-mail para quabalesbocadebrasa@gmail.com para receber a ficha de inscrição para preenchimento e, depois, reenviar o documento preenchido pelo correio eletrônico. As oficinas são destinadas para jovens de 14 a 19 anos que já concluíram ou estudam em escolas públicas. Ao todo, são oferecidas 60 vagas, 20 por categoria.

Aulas
As aulas acontecerão duas vezes por semana, durante dez meses, sempre das 13h30 às 17h30. Nas terças e quintas-feiras, acontecem as oficinas de vídeo e foto. Já nas segundas e quartas-feiras, ocorre a oficina LAB & Orquestra Sustentável Percussiva. Neste caso, os participantes vão formar uma orquestra musical sustentável, onde os participantes vão criar e tocar os instrumentos feitos de material reciclado.

Os interessados em fazer parte da oficina de vídeo vão conhecer técnicas e práticas em vídeo para a produção musical, tendo a oportunidade de produzir, no final do curso, videoclipes para artistas independentes de Salvador. Já na oficina de fotografia, os alunos vão trabalhar com princípios da fotografia analógica e digital, focando na fotografia digital, produzindo ensaios fotográficos também com artistas independentes de Salvador.

O projeto também realizará, ao longo das atividades, os seguintes eventos abertos para a comunidade: Cineclube Boca de Brasa, com exibição de filmes nacionais, e Palco Aberto Boca de Brasa, com apresentações de diversas linguagens artísticas.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.