Porque o Nordeste de Amaralina não elege o seu próprio vereador?

Com mais de 150 mil habitantes o complexo Nordeste de Amaralina, já teve um vereador eleito pela comunidade. Muito embora depois de eleito não correspondesse à confiança depositada pela nossa população, o edil em questão foi eleito pelo voto do povo do Nordeste de Amaralina. E por que de lá para cá nunca mais nenhum morador do bairro foi eleito para a Câmara Municipal?

O ano era 1996, a esperança surgiu no bairro, uma grande mobilização tomou conta de toda comunidade. Comerciantes, moradores e um grande conjunto de lideranças em prol de um grande nome, o que até então seria o salvador pátria. 

Davi César Ornelas, na época tinha 36 anos, era um jovem político que surgiu para defender a comunidade na câmara municipal. Esse sonho se tornou realidade com exatos 3.171 votos, Davi se elegeu nas eleições de 1996 pelo o Partido Democrático Trabalhista (PDT). No ano de 1997 Ornelas tomou posse como vereador de Salvador.

Com o poder veio a decepção. Diversos moradores até hoje alegam que depois que o edil assumiu o cargo deixou a comunidade de mão. O senhor José Oliveira, 58 anos, morador da Rua Cristóvão Ferreira no Nordeste de Amaralina falou com a nossa equipe. “Era a nossa esperança, eleger um vereador do bairro, mas depois que ele ganhou virou as costas para todos nós nem respondia as nossas ligações, fiquei bastante decepcionado fiz campanha com toda minha família”. O caso se agravou ainda mais quando no ano de 1999 Ornelas recebeu um documento da Receita Federal encaminhado à Câmara Municipal de Salvador onde revelava que o vereador falsificou o nome de sua mãe para conseguir um segundo CPF.

As informações são de uma matéria publicada na Folha Online no dia 31 de outubro de 1999. O vereador confessou que passou pelo menos três meses utilizando dois CPFs diferentes, mas atribuiu o fato a um erro. A Receita Federal informou que o vereador não tinha pedido uma segunda via do documento. Ele pediu uma nova inscrição, utilizando o nome de sua mãe de forma diferente do que consta no original.

Depois da grande decepção o Complexo do Nordeste de Amaralina fechou suas portas para eleger um vereador da comunidade. Diversos nomes apareceram, mas com as mesmas promessas de sempre. Tem gente que tenta até hoje… Promessas vazias sem um plano de trabalho consistente o que aumenta ainda mais a desconfiança da população. Algumas lideranças começaram a rifar a comunidade em uma barganha de quem dá mais e acaba trazendo diversos forasteiros para pegar os votos da nossa gente. Muitos só aparecem em quatro em quatro anos com a velha manobra politica de colocar um asfalto, pagar um churrasco ou um simples ônibus para enterro. E tem outros que ainda usam a máquina pública para fazer a farra dos empregos em troca de votos…. A velha tática do cabresto. 

O complexo do Nordeste de Amaralina precisa do novo, precisamos eleger um candidato que tenha experiencia e competência para defender as nossas demandas na Câmara Municipal e não daqueles que só aparecem aqui para tapar um buraco ou fazer uma festa. Precisamos dar um voto de confiança e trazer a responsabilidade para alguém que conheça a nossa comunidade de verdade, que nasceu aqui e viva aqui. O poder está em nossas mãos, 2020 está chegando. Está na hora da gente dizer não para os forasteiros e defender uma candidatura nossa. Onde a gente possa cobrar e participar do mandato construído por nós. Avalie todos os candidatos da nossa comunidade, aqueles que tenham verdadeiramente raízes fincadas no bairro. Escolha o que você acha que tenha a capacidade técnica para poder conduzir um mandato e que dialogue com a nossa população.

Não venda seu voto por uma borra de asfalto ou por uma esperança de emprego, chegou a nossa hora vamos juntos defender a nossa comunidade.  

COMPARTILHAR
Avatar
Publicitário, Ativista Social e Fundador do Portal NORDESTeuSOU.