[Opinião] Respeitem a população do Nordeste de Amaralina

Ladeira da Santa Cruz Foto Jefferson Borges NES

Há pouco mais de quinze dias a morte do dançarino e coreografo, Barata Show, vítima de leptospirose, causou grande comoção dentro da comunidade. O caso acabou por expor uma grave realidade, que mesmo apesar de ser extremamente batida, em nada tem mudado: a total falta de saneamento básico no Complexo do Nordeste de Amaralina. Seja Prefeitura ou Governo do Estado a relação é sempre pautada pelo descaso.

A leptospirose é uma doença infecciosa transmitida ao homem pela urina de roedores, principalmente por ocasião das enchentes. Sua ocorrência está relacionada às precárias condições de infraestrutura sanitária e alta infestação de roedores infectados. Um simples passeio pelas ruas do bairro é o suficiente para ver que o local reúne todas as condições necessárias para proliferação de diversas doenças. Somado à questão dos esgotos a céu aberto tem a grande quantidade de lixo e de fezes de cachorro. O perigo nos ronda em cada esquina.  E quando a chuva cai só resta apelar à Deus, pois, nessa hora, os políticos tão solícitos em períodos eleitorais, assistem a tudo impassíveis sentados e de pernas cruzadas em suas varandas gourmet.

Lixo descartado irregular no bairro do Areal – Foto Jefferson Borges NES

A questão do lixo é um capítulo à parte: O descarte mal feito do lixo é apontado como principal responsável pelos alagamentos. O entupimento dos canais de esgoto é nada mais que a consequência dos lixos em nossas ruas. Com um argumento superficial, para não dizer cretino, o poder público aponta a população como culpada. “As pessoas precisam se educar e não jogar lixo na rua”, alardeiam nossos governantes, saberotos e cínicos. Oportunamente, “esquecem” de mencionar o ineficaz serviço de coleta e a precária rede sanitária, característica comum a todos os bairros periféricos da cidade. Não subestimem à nossa inteligência, carosdoutores

Que a imprensa que sistematicamente “enquadra”nossa comunidade, sobretudo, na editoria policial, traga à tona o debate em torno da nossa inconsistente questão sanitária. Os moradores do complexo não merecem pagar com a vida pelo descaso do poder público. Respeitem a população do Nordeste de Amaralina!

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU