[Opinião] Em tempos de pandemia, pensar no próximo é essencial

Por Laís Lopes

Os tempos são dificeis, pra alguns até assustadores, mas em meio a tudo isso é necessário SER SOLIDÁRIO.

Não há necessidade de esvaziar as prateleiras dos supermercados e estocar alimentos por medo de faltar, porque o seu excesso será a falta de alguém. Enquanto álcool em gel é vendido a R$ 40,00, dona Maria que sustenta os filhos sozinha e divide o pouco que ganha em alimento, contas e alugel, tem esses R$ 40,00 como a garantia do almoço e do café pro dia seguinte.

Enquanto você passa pela pandemia do conforto do seu sofá, ainda existem pessoas ai fora que são obrigadas a trabalhar, pois não possuem outra fonte de renda. Portanto quando você pensar em comprar todo o estoque do mercado, pense que será fácil passar pela pandemia apenas para você, já que existem tantas outras familías que se quer possuem condições de estocar alimentos, e ainda assim não conseguem mais encontrar o mÍnimo nas prateleiras.

Seja solidário, pense no próximo. Os mantimentos só vão faltar se estiverem sendo utilizados em excesso por alguém.

Aos comerciantes, não revendam produtos a preços absurdos vizando o lucro em benefício prórpio, porque isso é agir com desonestidade com o consumidor. Não é momento de usar a situação para se aproveitar das oportunidades, é momento de agirmos com racionalidade e colocarmos em prática a ‘União Individual’, onde se cada um fizer a sua parte separadamente, todos nós seremos beneficiados juntos.

COMPARTILHAR
Lais Lopes
Estudante de Jornalismo, ativista de todas as causas, amante da literatura, escritora e poetisa, cristã, lutando como uma garota e sempre em busca do conhecimento!