Advogado Rodrigo Coelho critica ausência de posto de saúde no Circuito Mestre Bimba: “descaso”

O caso ocorrido na primeira noite da folia, onde um homem passou mal e por conta da falta de estrutura de atendimento, no Circuito Mestre Bimba, o mesmo teve que ser socorrido às pressas para o Hospital Geral do Estado, chamou à atenção para uma questão: por que o posto de saúde do Circuito Mestre Bimba não funciona desde o primeiro dia de carnaval?  Tradicionalmente, a unidade de pronto atendimento somente é colocada a partir do quarto dia de festa.

O advogado Rodrigo Coelho criticou a falta do posto de saúde na folia momesca do bairro, desde os primeiros dias de festa. Para ele, a questão pode ser classificada como “descaso” da gestão municipal com os foliões do Nordeste: “É um absurdo! Isso reflete o total desprezo da gestão de ACM Neto com o Circuito Mestre Bimba, que é um circuito oficial do Carnaval de Salvador, diga-se de passagem. Não há qualquer tipo de desculpa que justifique esse descaso. Aposto, que na Barra os postos de saúde são disponibilizados desde os primeiros acordes de festa… É preciso que a população fique atenta e a coordenação do carnaval cobre efetivamente os serviços acionando o Ministério Público para que a prefeitura cumpra o seu papel. Não estamos pedindo nenhum favor. E uma obrigação do prefeito e um direito do cidadão”, ressaltou o advogado.

Procurada pela reportagem, representantes da Prefeitura não se manifestara até o fechamento da reportagem.

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU